Dicas da Costa Amalfitana – Parte I


Aqui estão dicas quentes para você que planeja um bela e confortável viagem a maravilhosa Costa Amalfitana, um trecho costeiro do sul Italiano com apenas 60 km, entre as cidades de Salermo e Sorrento, considerado Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1997 e um dos principais balneários de luxo de toda a Itália.

IMG_3650.JPG

Neste sinuoso trecho, descortinam-se lindas cidadezinhas como Positano, Praiano, Amalfi e Ravello, dentre outras, que desafiam a gravidade entre lindos paredões rochosos e o inexplicável azul do mar Tirreno. Sensacional!!

IMG_3641.JPG

Postei estas dicas por tópicos para facilitar a compreensão. Espero que sejam úteis.

Vamos lá!

Considerações gerais:

Principais cidades da Costa Amalfitana: Amalfi, Atrani, Positano, Nocelle, Ravello, Praiano, Minori, Maiori, Conca Dei Marini, Sant’Agata, Nerano, Cetara, Vietri sul Mare

IMG_3656.JPG

Distância aproximada entre as cidades:

Roma – Napolis: 266 km – auto estrada

Napolis – Sorrento: 50 km – auto estrada

Sorrento – Positano:16 km

Positano – Nocelle: 8 km

Positano – Praiano: 8 km

Praiano – Amalfi: 26 km

Amalfi – Atrani: 750 m

Amalfi – Ravello: 7 km

TREM:

Roma a Nápolis – 1.20h – o mais rápido (altamente indicado)

http://www.trenitalia.com

FERRY (BARCOS):

Nápolis – Capri – 40 a 80 min – de 12 a 19 euros

Sorrento – Capri – média de 30 min – de 14,70 a 18,30 euros

Positano – Capri – média de 30 min – menos barcos e horários – em torno de 19 euros

Amalfi – Capri – 20,80 euros

http://www.capri.com/pt/horario-balsas

Primeira condição para conhecer este terra abençoada: ir acompanhado do seu amor, pois, simplesmente, a Costa Amalfitana é um dos destinos mais românticos do mundo!!

IDEAL: Dois casais de amigos (compartilham ótimas experiências com privacidade, dividem aluguel do carro, taxis em Capri, aluguéis de barcos privativos – a viagem fica bem otimizada, muito confortável e com o custo final consideravelmente reduzido). Pense nisto!!

Meses ideais para conhecer:entre ABRIL e JUNHO (primavera na Itália, onde o sol brilha intensamente, há uma profusão de cores e perfumes por todos os lados e, o melhor, menos turistas!), o mês de SETEMBRO, início de OUTUBRO (outono, também menos tumultuado, ainda com dias quentes e sol intenso, possibilidade de banhos agradáveis e restaurantes ainda funcionando normalmente….).

Eu evitaria os meses de julho e agosto (verão propriamente dito, pois apesar das quentes temperaturas e dos vários eventos, há uma multidão de turistas, filas por todos os lados e trânsito) e, também, os meses de inverno, pois faz frio, os gostosos banhos de mar ficam inviáveis pela baixa temperatura da água e vários restaurantes e atrações fecham.

Você pode até conhecer toda este belo trajeto de ônibus (são baratos e relativamente seguros) mas perderá muito tempo os esperando, poderá viajar em pé, dependendo da lotação, fora os longos e íngremes trajetos entre os pontos finais e seus respectivos hotéis ou pontos turísticos e, sem contar, no desconforto de carregar malas!! – definitivamente, uma má opção para este destino.

Descartada esta opção, alugue um carro em Nápolis (possue maior variedade de locadoras e de opções de carros em relação as cidades da Costa – as locadoras funcionam no próprio aeroporto de Napólis que, por sua vez, encontra-se na saída para a auto estrada em direção a Costa – acesso muito fácil e prático).

IMG_3652.JPG

http://www.rentalcars.com

http://www.autoeurope.pt

Alugue um carro automático (apesar de, incrivelmente, as locadoras terem poucas opções deste tipo de carro, é o ideal para esta estrada – muito estreita, sinuosa, com probabilidade de várias paradas por tráfego intenso).

Reserve um hotel com estacionamento incluso na diária (importante, pois o pagamento avulso deste serviço, normalmente, é muito caro!!), e, de preferência, com vista para o mar (não será tarefa muito difícil uma vez que a maioria dos hotéis está debruçado sobre o lindo mar Tirreno).

Cadastre, se possível, 2 condutores para o carro (para que possam intercalar na direção e curtir, sem perigo, o visual arrebatador da estrada).

Programe o deslocamento entre as cidades da Costa, de preferência, de dia para curtir o melhor da viagem: a vista! – O início da manhã ou o fim de tarde garantirão visuais indescritíveis!!

IMG_3649.JPG

Alugue um GPS ou compre um chip pré pago para usufruir da internet no celular (mesmo sem grandes riscos de se perder, a sinalização dentro das cidades é precária e as placas são muito pequenas e, para encontrar o seu hotel, pode ser uma tarefa confusa e demorada…não gosto de perder tempo com estas coisas!!! Vale muito o investimento.

IMG_3646.JPG

Só alugue um carro caso haja um condutor experiente na viagem, pois a estrada, apesar do ótimo estado de conservação e da beleza do visual:

É muito perigosa (possui até espelhos nas curvas para auxiliar na visualização do carro na contra direção).

Não tem acostamento.

A estrada vai se estreitando, cada vez mais, principalmente de Praiano a Ravello, que, em alguns trechos, faz-se necessário parar literalmente o carro para que o outro veículo, na direção contrária, ultrapasse (incrível).

Grandes ônibus turísticos trafegam por esta estrada (acho um absurdo eles permitirem isto!!!).

E, além de tudo isto, os italianos correm muito!!!

Dirigir na Costa é, literalmente, um aventura!!

Prepare-se para fortes emoções!

IMG_3639.JPGIMG_3646-0.JPG

Logo, postarei outras dicas interessantes deste maravilhoso pedacinho da Itália.

Para saber mais dicas deste fantástico lugar, clique aqui:

4 replies »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s